Pastoral Familiar

Pastoral Familiar
Família é a nossa maior riqueza

segunda-feira, 30 de abril de 2012

MEDITAÇÃO DIÁRIA

"Sigamos o Divino Mestre pelo Calvário carregando nossa cruz." (Santo Padre Pio de Pietrelcina)

domingo, 29 de abril de 2012

SANTO DO DIA - SANTA CATARINA DE SENA


Santa Catarina de SenaNeste dia, celebramos a vida de uma das mulheres que marcaram profundamente a história da Igreja: Santa Catarina de Sena. Reconhecida como Doutora da Igreja, era de uma enorme e pobre família de Sena, na Itália, onde nasceu em 1347.

Voltada à oração, ao silêncio e à penitência, não se consagrou em uma congregação, mas continuou, no seu cotidiano dos serviços domésticos, a servir a Cristo e Sua Igreja, já que tudo o que fazia, oferecia pela salvação das almas. Através de cartas às autoridades, embora analfabeta e de frágil constituição física, conseguia mover homens para a reconciliação e paz como um gigante.

Dotada de dons místicos, recebeu espiritual e realmente as chagas do Cristo; além de manter uma profunda comunhão com Deus Pai, por meio da qual teve origem sua obra: “O Diálogo”. Comungando também com a situação dos seus, ajudou-o em muito, socorrendo o povo italiano, que sofria com uma peste mortífera e com igual amor socorreu a Igreja que, com dois Papas, sofria cisão, até que Catarina, santamente, movimentou os céus e a terra, conseguindo banir toda confusão. Morreu no ano de 1380, repetindo: "Se morrer, sabeis que morro de paixão pela Igreja".

Santa Catarina de Sena, rogai por nós!

video

EVANGELHO DO DIA - SÃO JOÃO 10,11-18


Naquele tempo, disse Jesus: 11“Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas.
12O mercenário, que não é pastor e não é dono das ovelhas, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa. 13Pois ele é apenas um mercenário que não se importa com as ovellhas. 
14Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem, 15assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas. 
16Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil: também a elas devo conduzir; elas escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. 
17É por isso que meu Pai me ama, porque dou a minha vida, para depois recebê-la novamente. 18Ninguém tira a minha vida, eu a dou por mim mesmo; tenho poder de entregá-la e tenho poder de recebê-la novamente; esta é a ordem que recebi de meu Pai”. 

MEDITAÇÃO DIÁRIA

"Seja modesto no olhar." (Santo Padre Pio de Pietrelcina)

sábado, 28 de abril de 2012

SANTO DO DIA - SÃO LUIS MARIA GRIGNION DE MONTFORT


São Luís Maria Grignion de Montfort Neste dia, nós contemplamos o fiel testemunho de Luís que, ao ser crismado, acrescentou ao seu prenome o nome de Maria, devido sua devoção à Virgem Maria, que permeou toda sua vida.

Nascido na França, no ano de 1673, de uma família muito numerosa, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio e assim percorreu o caminho dos estudos.

Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, através de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres; como bom escravo da Virgem Santíssima não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia na consagração total e liberal à Santa Maria.

São Luís já era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas, e sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele; tanto assim que foi a Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas este não lhe concedeu tal pedido. Na força do Espírito e auxiliado pela Mãe de Deus, que nunca o abandonara, São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia do Senhor.

São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem", que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria. Influenciou inclusive o saudoso Papa João Paulo II, que por viver o que São Luís nos partilhou, adotou como lema o Totus Tuus, Mariae, isto é, "Sou todo teu, ó Maria".

São Luís Maria Grignion de Montfort, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA - SÃO JOÃO 6,60-69

Naquele tempo, 60muitos dos discípulos de Jesus, que o escutaram, disseram: “Esta palavra é dura. Quem consegue escutá-la?” 61Sabendo que seus discípulos estavam murmurando por causa disso mesmo, Jesus perguntou: “Isto vos escandaliza? 62E quando virdes o Filho do Homem subindo para onde estava antes? 63O Espírito é que dá vida, a carne não adianta nada. As palavras que vos falei são espírito e vida. 64Mas entre vós há alguns que não creem”. Jesus sabia, desde o início, quem eram os que não tinham fé e quem havia de entregá-lo.
65
E acrescentou: “É por isso que vos disse: ninguém pode vir a mim a não ser que lhe seja concedido pelo Pai”. 66A partir daquele momento, muitos discípulos voltaram atrás e não andavam mais com ele. 67Então, Jesus disse aos doze: “Vós também vos quereis ir embora?” 68Simão Pedro respondeu: “A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. 69Nós cremos firmemente e reconhecemos que tu és o Santo de Deus”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

4ª Peregrinação Nacional da Família e 2º Simpósio Nacional da Família




Nos dias 28 e 29 de abril de 2012, realizar-se-á, em Aparecida (SP), a 4ª Peregrinação Nacional das Famílias e o 2º Simpósio da Família, ambos como tendo como tema principal, 
A FAMÍLIA: O TRABALHO E A FESTA.

Palestrantes:
A Família e o Trabalho: Dr. Marcio Pochmann
A Família e a Festa: Pe. Zezinho scj
Alem de eventos musicais e mensagens dos bispos presentes.
Venha na casa da Mãe refletir e rezar pela e em Família.

Programação: 28 de abril

2º. Simpósio Nacional da Família
- Acolhimento – dom Petrini
- Celebração
- Apresentações musicais e mensagens dos bispos presentes
- Família e Trabalho - Márcio Pochmann (IPEA)
- Almoço (por conta de cada participante)
- Conceito de Família e Festa - Pe. Zézinho
- Apresentações musicais e mensagens dos bispos presentes
- Encerramento do Simpósio com a Missa do Emcontro: Pais e Filhos, 18h –   dom Eduardo Pinheiro da Silva, Presidente da Comissão Episcopal para Juventude
- Terço Luminoso

Missas: 29 de abril
- 5h30
- 8 horas
- 10 horas (principal da Peregrinação)
- 12 horas,
- 14 horas,
- 16 horas,
- 18 horas.

Concomitantemente ao Simpósio acontecerá um evento especial para os filhos (jovens), promovido pelo grupo “Caixa de Ferramentas” setor juventude. Durante o encontro eles trabalharão com jovens e a Cultura mediática.